UBM Ilhéus

Encontro da UBM Ilhéus na última terça-feira (30).

Por Cris Calabraro*

O encontro da última terça-feira, dia 30 de abril, denominado “Semear a UBM em Ilhéus”, foi para continuarmos os trabalhos de fortalecimento entre mulheres. Essas rodas, mesmo tendo temas diversificados sempre terão o objetivo de nos unir, nos fortalecer e nos incentivar para cada vez mais buscarmos por nossos direitos.

Organizado pela União Brasileira de Mulheres (UBM) a roda dessa vez foi para entendermos melhor o movimento, o que podemos fazer por ele e o que ele poderá trazer para Ilhéus.

Por estar em um processo de formação, foi apresentada uma diretoria provisória, e iniciou-se o planejamento para a assembleia de fundação, para que, além de ações como encontros e atos, a UBM possa buscar compor conselhos e poder participar efetivamente das decisões de políticas públicas em nosso município, estado e país.

A dinâmica aplicada na roda de mulheres dessa data é conhecida por “Café do Mundo”, onde sentamos em mesas e discutimos determinados temas. O Tema da vez foi dado através de 3 perguntas: O que a UBM pode fazer por nós? O que podemos fazer pela UBM? O que a UBM pode trazer para Ilhéus?

A busca por entender melhor o movimento foi a marca da dinâmica. A UBM é um movimento de mulheres que poderá ajudar que, mais mulheres possam estar em espaços de diálogos e de decisões, além de cobrar para que políticas públicas sejam cumpridas e criadas a nosso favor. O movimento se preocupa com as classes menos favorecidas e coletividade é a palavra de ordem.

Para fazer mais pela UBM entendemos que é preciso buscar mais informações e convidar outras mulheres para entendermos o feminismo emancipacionista, isso tudo fará parte da nossa formação. Em Ilhéus, de forma organizada conseguiremos representatividade, podendo assim levar nossa voz. Buscar incentivar outras mulheres mostrando suas capacidades.

Trabalhos pontuais poderão ser feitos como campanhas, formação inclusive para homens, diminuindo e buscando acabar com a violência contra a mulher que é constante e crescente em nossa cidade.

Um novo encontro será marcado para maio.

Não podemos parar. Muitas novidades virão por ai. O feminismo será mais esclarecido para a população, sendo assim, todas e todos entenderão a sua importância na sociedade.

*Cris Calabraro, conhecida também como Cris Joia – Presidente UBM Ilhéus, BA.