premio2A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), por meio do Hospital Geral Roberto Santos (HGRS) e da Parceria Público-Privada (PPP) com a Rede Brasileira de Diagnóstico (RBD) de Imagem, conquistou o reconhecimento mais importante do setor no Estado, nas categorias Gestão Pública e Benchmarking Brasil. A cerimônia de entrega dos prêmios foi realizada na noite desta quinta-feira (06), no Solar Cunha Guedes, em Salvador, com a presença do secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas.

Na avaliação do secretário, a 9ª edição do prêmio Benchmarking Saúde Bahia reconhece o esforço do Governo do Estado ao investir em gestão e tecnologia para ampliar a assistência à saúde dos baianos. “Sob a liderança do governador Rui Costa, nos últimos quatro anos a Bahia inaugurou sete novos hospitais, oito policlínicas e realizou mais de 20 mil cirurgias de forma itinerante, contemplando os 417 municípios. Esta é uma pequena amostra das ações na área da saúde, cujo investimento ultrapassou a casa dos R$ 20 bilhões em obras, serviços e recursos humanos ao longo dos anos”, afirma Vilas-Boas.

Com 640 leitos, o Hospital Geral Roberto Santos (HGRS) é o maior hospital público do Norte-Nordeste. A unidade é referência nos serviços de emergência, hemorragia digestiva, nefrologia, pediatria, clínica médica, cirurgia bucomaxilofacial, cirurgia geral, neurocirurgia, cirurgia pediátrica e neonatal, cirurgia vascular e maternidade de alto risco, entre outras especialidades.

O diretor-geral do HGRS, José Admirço dos Santos, avalia que esse reconhecimento no ano em que o hospital completa 40 anos é especial. “O Hospital Geral Roberto Santos, no momento de sua criação, já foi pensado para ser o maior hospital da Bahia. Quatro décadas depois, se tornou o maior hospital público do Norte e Nordeste, e não para de crescer. Ainda neste ano, entregaremos novo centro cirúrgico, nova clínica de hemodiálise, nova cozinha e mais leitos de enfermaria. Temos recebido muito investimento do Governo do Estado e, por isso, podemos contar com equipamentos de ponta. Mas, costumo dizer, sem uma equipe dedicada e qualificada, esses equipamentos seriam apenas pedaços de metal e plástico. Sou muito grato a todo corpo clínico e administrativo do HGRS”, destaca o diretor-geral.

A unidade está estruturada para assistência a vítimas de acidente vascular cerebral (AVC) e para enfermidades decorrentes da Aids. Possui serviço de atenção domiciliar e serviços de Acolhimento com Classificação de Risco (ACCR) para o pronto atendimento. A instituição também abriga o Centro Antiveneno da Bahia (Ciave), o Banco de Olhos da Bahia e a Central Estadual de Transplantes.

Referência nacional

Com a Parceria Público-Privada (PPP) de Imagem, o Governo do Estado ampliou a capacidade de atendimento à população, reduziu custos e promoveu melhorias nos serviços prestados, como maior precisão do diagnóstico e agilidade na entrega dos resultados. Foram investidos mais de R$ 120 milhões entre obras e aquisição de equipamentos, tais como ressonância magnética, tomógrafos, raios-x e mamógrafos.

Os resultados são expressivos, com mais de 1,3 milhão de exames realizados desde o início da operação em 2016. “Os exames ambulatoriais são laudados no máximo em 48 horas, enquanto os exames de urgência e emergência, em uma hora, sendo o tempo máximo admitido de duas horas. Isso é mais ágil que qualquer clínica ou hospital privado”, ressalta o presidente da RBD Imagem, Stelliu Espinheira. Atualmente a PPP de Imagem atua em 11 unidades estaduais.

A eleição dos vencedores foi feita por voto direto de empresários, executivos e demais atores da saúde suplementar baiana. Vence, no ano de referência, quem foi mais inovador, competente em práticas de gestão e que se dispôs a divulgar suas estratégias para o mercado.