reunião CMSApedfi – Associação de Pessoas com Doença Falciforme de Ilhéus e o CMS representado pelo atual presidente Marcos Lessa estiveram reunidos com a equipe do  Programa de Doença Falciforme – Prodofi, no gabinete do Secretário de Saúde Geraldo Magela com o propósito de melhorar o atendimento aos pacientes do programa que antes atendia em média 80 adultos e hoje com atendimento de hematopediatra esse número chega a 200 pacientes. Muitos foram os avanços, hoje as crianças não precisam se deslocar para outras cidades para realizarem alguns procedimentos a exemplo o doppler transcraniano. A equipe hoje é formada por hematologista adulto (Dra. Teresa), hematologista pediatra (Dra. Regiana), psicóloga (Indyara), fisioterapeuta (Dra. Karla),  enfermeira (Priscila) e assistente social  ( Teresinha).

Com a ampliação do programa o  atendimento que acontece  no espaço físico conhecido como Cmae tem se tornado pequeno para atender as demandas o que compromete a logística. Desta forma , a secretaria está adaptando o prédio do antigo Colégio Fênix ( prazo estimado em 60 dias) afim de dar maior visibilidade ao programa e melhorar o acolhimento aos pacientes oferecendo condições que melhor atenda a equipe para que assim  possa se  desenvolver com  excelência um trabalho que já vem sendo feito.


A partir destas modificações, como melhor projeção de atendimento aos beneficiários, o programa contará com o serviço  de ozonoterapia  a partir de um estudo piloto que vem sendo desenvolvido pela Faculdade Madre Thais em conjunto com a UESC. Neste novo espaço haverá também uma farmácia para dispensação  da medicação com a proposta de orientar melhor nossos pacientes quanto ao uso e acompanhamento dos ciclos.

Contaremos também com a chegada de  mais uma enfermeira que se juntará a equipe que já atua. Entretanto, ainda se faz necessário a contratação de outros  especialistas tais como terapeuta ocupacional, nutricionista dentre outros que são imprescindíveis e devem ser  incorporados ao programa após realização de concurso público.

27  de out dia nacional de luta dos direitos das pessoas com doença falciforme.

Doença falciforme é luta ou luto , precisamos falar sobre.

Noêmia Neves – Apedfi/CmsApedfi