pm ilheus secom ponte ilheus


Ilhéus: Sindicato lamenta corte de lanche no Bradesco

0
485

O Bradesco, mais uma vez, penaliza o lado mais fraco, o do trabalhador. Há um tempo colocou os funcionários para organizar as filas do lado de fora das agências e agora cortou o lanche que era disponibilizado.

Funcionários têm que comprar seus próprios lanches, no horário de trabalho e muitos ficam com fome, pois não tem como sair da agência devido a sobrecarga de trabalho.

Nesta sexta-feira (31), o sindicalista Gabriel Nobre, da agência 0237, comprou o café da manhã para os funcionários, com recursos próprios, por não aceitar esse corte feito pelo banco.

Ao questionar o banco o motivo da medida, foi informado que os lanches foram suspensos por CONTENÇÃO DE DESPESAS, o que configura um total descaso.

A instituição gasta uma quantia considerável com o alto escalão: Diretores, Gerentes Regionais, Superintendentes, Executiva, entre outros. Esses gozam de cartões corporativos, motoristas particulares e até auxílio vestuário.

Os trabalhadores do atendimento ao público, que estão na frente das agências, produzindo e sofrendo diariamente com as pressões, são penalizados, postos em sacrifício para manutenção do alto padrão da Executiva.

Muitos funcionários começam suas jornadas muito cedo, por solicitação do do próprio banco e não tem tempo de tomar café em casa. Muitos trabalhadores usufruíam do café para ter condições de trabalhar, agora a situação ficou difícil para esses bancário.

Fonte: Sindicato dos Bancários de Ilhéus

Publique seu comentário