WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


bahiagas

:: ‘mobilizações’

Professor Joselito destaca a importância da mobilização da Educação no próximo dia 15

Joselito Alves

Professor Joselito Alves Martins, pedagogo formado e especialista em Educação pela UESC.

Na próxima quarta-feira (15), trabalhadores da Educação, entidades sindicais e diversos setores sociais farão mobilizações, em todo o país, contra a reforma da Previdência e os cortes na Educação promovidos pelo governo federal.

De acordo com o pedagogo e professor da rede municipal, Joselito Alves, Ilhéus também participará dos protestos. “Nós estamos nos mobilizando no Brasil todo, o foco principal é a reforma da Previdência e os cortes na Educação. Então nós vamos estar unidos, em todo o país, lutando contra os desmandos do governo Bolsonaro”, afirmou.

Joselito também indicou que a manifestação vai incluir a rede de ensino. “Essa mobilização em Ilhéus vai acontecer. Vamos parar também todas as escolas da cidade, tanto do Município como do Estado. Estamos organizando atos, vamos nos reunir ao lado de outros sindicatos, associação de moradores e todos os setores possíveis contra esses ataques”, disse.

“Essa mobilização é importantíssima, no momento de crise que passa o país, de destruição dos direitos democráticos, direitos sociais, destruição da educação, e, a mobilização é fundamental para luta em defesa dos nossos diretos”, concluiu professor Joselito Alves.

Associações planejam mobilização para reivindicar melhorias na rodovia Ilhéus-Buerarema

Reunião realizada no último domingo (24).

Reunião realizada no último domingo (24).

Um acordo firmado, no último domingo (24), entre presidentes de associações do entorno da BR 251, trecho  Ilhéus-Buerarema, pretende realizar um grande ato de mobilização, em abril deste ano, para reivindicar melhorias e a recuperação dessa rodovia.

O movimento espera que o governo do Estado execute alguma ação para sanar as péssimas condições encontradas nessa via. De acordo com a Associação do Santo Antônio de Movimentos Sociais, a estrada atende mais de 50 mil famílias, que dependem dela para trabalhar, estudar, escoar sua produção, socializar, entre outras atividades.

As associações envolvidas na questão solicitam o apoio da Justiça Federal e do Ministério Público Federal para que providências sejam tomadas no trecho Ilhéus-Buerarema da rodovia BR251. Inclusive, já foi encaminhada uma representação ao MPF, via ofício, na última segunda-feira (25), relatando toda a situação e condições da estrada.

 



WebtivaHOSTING | webtiva.com . Webdesign da Bahia