WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


policlinica itabuna

:: ‘mulheres’

Agressores de mulheres serão monitorados por tornozeleira eletrônica

Foto_SPMBA (1)A Bahia passa a ter um sistema de monitoração eletrônica de pessoas em casos de violência doméstica contra a mulher. O lançamento da ferramenta foi realizado nesta quinta-feira (22), no auditório do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA), em Salvador.

Participaram da solenidade os secretários estaduais de Administração Penitenciária e Ressocialização, Nestor Duarte, e de Políticas para as Mulheres, Julieta Palmeira, além da corregedora-geral da Justiça, desembargadora Lisbete Maria Cézar Santos, e da presidente da Coordenadoria da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do TJBA, desembargadora Nágila Brito.

Artigo – Roda de Mulheres: Conhecendo o Feminismo

Ângela Cristina (Cris), presidente da UBM Ilhéus.

Ângela Cristina (Cris), presidente da UBM Ilhéus.

Por Ângela Cristina (Cris), presidente da UBM Ilhéus

Artigo sobre a Roda de Mulheres 25 de maio de 2019

União Brasileira de Mulheres – Ilhéus/BA

Em 25 de maio de 2019, uma nova roda de mulheres aconteceu em Ilhéus. O tema da vez foi Feminismo, conceitos centrais, política e economia.

Mais um momento de união dessas mulheres que vêm demonstrando cada vez mais interesse em entender a luta das mulheres, desde seu surgimento até os dias de hoje. Trazendo o tema para nosso cotidiano, a professora Aline Setenta nos ajudou a compreender melhor o tema e nos trouxe para perto dele, nos fazendo enxergar como a política e economia está presente em nosso dia a dia.

Entendendo os conceitos centrais do Feminismo, veremos que sempre nos encaixamos em alguma vertente. Definitivamente, vemos que, o que existe são “feminismo‘S”, ou seja, várias formas de luta das mulheres.

Historicamente os feminismos já passaram por três ondas, sendo a primeira no séc. XIX, quando se deu o seu surgimento, através das lutas por igualdades civis, políticos e educativos.

:: LEIA MAIS »

Roda de Mulheres: Conhecendo o Feminismo acontece no próximo sábado (25)

WhatsApp Image 2019-05-18 at 09.41.21No próximo sábado (25),  das 14h às 17h30min, a Tenda do Teatro Popular de Ilhéus, na Avenida Soares Lopes, centro de Ilhéus, recebe a Roda de Conversa “Conhecendo o Feminismo”, com participação especial da professora Aline Setenta, docente de Direito da Universidade Estadual de Santa Cruz.

O evento é  promovido pela União Brasileira de Mulheres (UBM) e a entrada é gratuita. No local haverá espaço para crianças e lanche compartilhado.

Encontro da UBM Ilhéus ressalta a união e o fortalecimento das mulheres

UBM Ilhéus

Encontro da UBM Ilhéus na última terça-feira (30).

Por Cris Calabraro*

O encontro da última terça-feira, dia 30 de abril, denominado “Semear a UBM em Ilhéus”, foi para continuarmos os trabalhos de fortalecimento entre mulheres. Essas rodas, mesmo tendo temas diversificados sempre terão o objetivo de nos unir, nos fortalecer e nos incentivar para cada vez mais buscarmos por nossos direitos.

Organizado pela União Brasileira de Mulheres (UBM) a roda dessa vez foi para entendermos melhor o movimento, o que podemos fazer por ele e o que ele poderá trazer para Ilhéus.

Por estar em um processo de formação, foi apresentada uma diretoria provisória, e iniciou-se o planejamento para a assembleia de fundação, para que, além de ações como encontros e atos, a UBM possa buscar compor conselhos e poder participar efetivamente das decisões de políticas públicas em nosso município, estado e país.

A dinâmica aplicada na roda de mulheres dessa data é conhecida por “Café do Mundo”, onde sentamos em mesas e discutimos determinados temas. O Tema da vez foi dado através de 3 perguntas: O que a UBM pode fazer por nós? O que podemos fazer pela UBM? O que a UBM pode trazer para Ilhéus?

:: LEIA MAIS »

Artigo – Sobre a Roda de Mulheres

Cris Calabro - presidente da UBM Ilhéus.

Cris Calabraro – presidente da UBM Ilhéus.

Sobre a Roda de Mulheres (23 de março de 2019).

A primeira atividade de formação da União Brasileira de Mulheres (UBM) Ilhéus, Bahia foi marcada pela roda de mulheres. Nela apenas mulheres, preparadas para uma dinâmica onde foram colocadas duas questões: Qual a vantagem e a desvantagem em ser mulher?

Uma a uma começou a relatar suas experiências de acordo com as questões levantadas. Muitas ainda tímidas começam a falar de seus momentos vividos e que foram marcados em suas vidas. Histórias de amor e de dor.
Ao ouvir cada momento nos pegamos em nossa mente vendo nosso reflexo em cada história contada. Casos que se repetem. Emoção resume uma roda de mulheres.

30 mulheres envolvidas com a atividade, transmitindo seus mais puros e sinceros sentimentos.

A maior vantagem que podemos perceber em ser mulher foi o privilégio de ser mãe, gerar um filho é realmente marcante na vida de uma mulher, querendo ou não aquele filho. Da nossa empatia umas pelas outras e da nossa capacidade em realizar diversas tarefas ao mesmo tempo. Da nossa entrega. Falando da desvantagem, algo em comum foi à dificuldade em trabalhar e estudar sendo mãe, pois nossas maiores “obrigações” são cuidar dos filhos, da casa, do bem estar da família, e muitas vezes não nos sobram tempo para um trabalho fora do lar ou para irmos a escola, e quando conseguíamos esse tempo, muitas eram questionadas sobre como conseguiam exercer tantos afazeres.

:: LEIA MAIS »

Ilhéus: UBM convida mulheres para Formação Feminista no próximo sábado (23)

Pode acrescentar que todas as mulheres são convidadas. Se puder colocar alguma coisa tipo. A direção  da UNIÃO BRASILEIRA DE MULHERES DE ILHÉUS convida as mulheres Ilhenses para uma formação feminista cujos temas serão conceito, dias atuais, lutas e resistências.  Contará com a presença da presidenta estadual da UBM Natália Gonçalves.  O local e o horario

A direção da UNIÃO BRASILEIRA DE MULHERES – UBM DE ILHÉUS convida todas as mulheres  para Formação Feminista, com temas conceito, dias atuais, lutas e resistências.
A  atividade será no próximo sábado (23), às 13h, no Sindicato dos Bancários de Ilhéus  e contará com a presença da presidenta estadual da UBM, Natália Gonçalves.

Ilhéus recebe Marcha das Mulheres nesse sábado (29)

Nesse sábado, dia 29 de setembro, mulheres de todo o Brasil se unirão em uma caminhada denominada “Marcha das Mulheres”. De acordo com a organização, o evento é em protesto contra a misoginia, o racismo, a homofobia e todas as outras formas de preconceito, também um reforço ao desabafo #Elenão. Em Ilhéus, a atividade acontecerá às 9h da manhã, na Praça Cairú. A coordenação pede que mulheres compareçam com camisas ou fitas brancas ou roxas.

Oficina gratuita de teatro para mulheres contempla público a partir de 16 anos

CatazCom apoio da Secretaria Municipal de Cultura, será realizada em Ilhéus a oficina “Mulheres na luz”, dias 12 e 13, das 14 às 17 horas, na Casa Malvina, situada na Rua General Câmara, centro histórico. Contemplada pelo edital Cultura Livre, a oficina terá culminância na sexta-feira (14), a partir das 18h30, com mostra final, montada pelas próprias participantes.

O público-alvo da oficina são atrizes, dançarinas, professoras, estudantes e mulheres que possam se interessar pelo teatro de sombras, com idade a partir de 16 anos. Serão aceitas ainda mulheres que tenham crianças pequenas e queiram levá-las para a oficina.  Os trabalhos serão coordenados por Naiara Gramacho, diretora de teatro e atriz que trabalhou com a companhia A Roda, de teatro de bonecos, em Salvador, durante seis anos, com experiência de teatro de animação e sombras para Ilhéus. A oficina conta com o apoio da companhia A Roda que disponibilizará algumas figuras da artista plástica Olga Gomez.

O secretário da Cultura de Ilhéus, Pawlo Cidade, informou que “o teatro de sombras é uma das artes mais antigas de contar histórias. Naiara Gramacho traz uma experiência bacana com o grupo A Roda, para fortalecer ainda mais esta modalidade de arte cênica em nosso município. A oficina tem como foco dar luz ao corpo, às experiências e aos conflitos femininos”.

(Fonte: Secom Ilhéus)

Empresa baiana é considerada umas das 40 melhores para mulher trabalhar

Alessandra Lobo.

Alessandra Lobo.

A LM Frotas está entre as 40 melhores empresas para as mulheres trabalharem no Brasil. A companhia baiana foi uma das eleitas para integrar o Ranking Brasil – Mulher, do Great Place To Work (GPTW). Segundo a organização do ranking, foram mais de 300 inscritos na categoria até 999 funcionários, onde a LM Frotas está inserida. A premiação, onde também será conhecida a colocação dos eleitos no ranking, ocorre em São Paulo, nesta terça-feira (27).

O Grupo LM como um todo conta com um total de 790 integrantes, sendo 36% do efetivo formado por mulheres. Dos 364 funcionários da LM Frotas, 160 são mulheres, totalizando 44% do quadro. Entre as lideranças da companhia, 37% são femininas, 16 líderes no total.

Na Bravo Caminhões e Ônibus, uma das empresas do Grupo que atua no segmento de comercialização de veículos pesados, a diretoria foi assumida, desde 2015, por uma mulher. Alessandra Lobo salienta que a participação da mulher vem crescendo não apenas na Bravo, como no segmento como um todo. “O desafio de atuar em segmentos tradicionalmente ‘masculinos’ ainda é grande. Por isso, buscamos na Bravo e no Grupo LM, promover a inclusão de mulheres em diferentes áreas, impactando positivamente na sociedade”, ressalta Alessandra.

:: LEIA MAIS »

Grupo Mulheres em Domínio Público promove rifa para gravar releituras de cantigas regionais

Muleres em Dominio Publico_por Natali YamasCantigas entoadas por lavadeiras, marisqueiras e trabalhadores de roças sulbaianas são a primeira investida das Mulheres em Domínio Público (MDP), grupo musical de Ilhéus que realiza releituras de músicas de domínio público. A banda promove uma rifa para angariar recursos a fim de finalizar a gravação do primeiro EP, o que vai permitir ao grande público acessar as plataformas digitais e escutar as músicas apresentadas há cinco anos na região. Nesta primeira gravação, o grupo vai registrar parte do cancioneiro regional com um toque de contemporaneidade, por meio de uma roupagem musical rica em diversidade de ritmos.

As cantigas são interpretadas por Cris Passos, Geisa Pena, Ingrid Luíse e Tacila Mendes. A banda é formada por mais quatro músicos atuantes na cena musical da região e unidos por interesse em pesquisas sonoras dessa natureza – Marcelo Santana, Danilo Ornelas, Lula Soares Lopes e Igor Rodrigues.

:: LEIA MAIS »

Defesa pessoal reforça segurança das mulheres da Polícia Militar

Centro Maria Felipa oferece treinamento de defesa pessoal a policiais militares femininas. Foto: Camila Souza/GOVBA

Centro Maria Felipa oferece treinamento de defesa pessoal a policiais militares femininas.
Foto: Camila Souza/GOVBA

Para proteger as profissionais responsáveis pela segurança pública dos baianos, o Centro de Referência da Mulher Policial Militar – Centro Maria Felipa promoveu um seminário sobre defesa pessoal no Ginásio de Esportes do Clube dos Oficiais, na Avenida Dendezeiros, em Salvador, nesta quarta-feira (29). A modalidade de luta escolhida foi a Krav magá, utilizada pelo Exército israelense.

Entre as participantes do seminário, a cabo Edilma Ferreira tem mais de 20 anos de PM e já precisou de força, agilidade e técnica durante o trabalho. “Uma vez, em serviço no Centro de Abastecimento em Camaçari, fomos solicitados a comparecer a um local onde estava ocorrendo uma agressão. O agressor estava com uma arma branca e nós tivemos que usar a força. Eu imobilizei o agressor, algemei e solicitei a presença da viatura para conduzi-lo até a delegacia”. Outra situação, acrescenta Edilma, “foi para separar a briga entre duas mulheres. A população não estava disposta a ajudar e eu tive que usar a força também, para conduzi-las até a delegacia”.

:: LEIA MAIS »

Mulheres investem na carreira e se destacam na administração pública

Mulheres fazem trajetórias bem sucedidas dentro do serviço público estadual. Na foto: Dulce Messias, que já passou pela Diretoria Financeira, Contratos, Diretoria Administrativa e agora está na Execução Orçamentária. A servidora iniciou na Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte como estagiária, em 1994. Foto: Camila Souza/GOVBAPoder Executivo Estadual da Bahia tem aproximadamente 150 mil servidores ativos. Destes, cerca de 75 mil são mulheres que desempenham as mais diversas funções. Na Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), por exemplo, um dos destaques é a servidora Suzane Santana. Com 32 anos, a gestora de recursos humanos era estagiária quando ingressou na administração pública, aos 16.

Desde então, Suzane desempenhou diferentes funções até se tornar uma profissional de sucesso. “Comecei como estagiária de nível médio, fui secretária, assessora até me tornar coordenadora de recursos humanos [da Setre]. Me sinto realizada, porque gosto de trabalhar com pessoas realmente. Almejo novas oportunidades, tenho outras pretensões profissionais e pessoais, mas hoje me sinto completamente realizada”, disse a servidora, que iniciou o curso na área de gestão de RH após observar a possibilidade de crescimento na Setre.

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING | webtiva.com . Webdesign da Bahia