WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


secom bahia

:: ‘Operação’

PP de Ilhéus emite nota sobre “Operação Xavier”

Partido ProgressistaNota Pública

Ilheenses,

Os últimos acontecimentos , amplamente divulgados pela imprensa, envolvendo vereadores, secretário municipal , servidores e outros, exigem um posicionamento do nosso Partido.

A justiça local atendeu ao pedido do Ministério Público e decidiu pela prisão preventiva de uns e medidas cautelares para outros com o objetivo de apurar os fatos narrados como irregulares, supostamente cometidos pelos envolvidos.

Os Progressistas têm dois dos seus filiados sujeitos a essas medidas.
No Estado Democrático de Direito ninguém é culpado antes de ter a oportunidade de se defender de forma ampla e irrestrita e ter seu julgamento justo transitado em julgado.

Câmara de Ilhéus esclarece ação do MPE e GAECO

60345825_1241664656007784_530117797481545728_nNOTA DE ESCLARECIMENTO

Aos 15 dias do mês de maio, a Câmara Municipal de Ilhéus foi alvo de ação conjunta protagonizada pelo Ministério Público do Estado da Bahia, através do GAECO (Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e Investigações Criminais), da 8ª Promotoria de Justiça de Ilhéus-BA, em ação conjunta com a Polícia Rodoviária Federal, no curso da Operação Xavier, com o objetivo de reprimir crimes contra a administração pública, fraudes a licitações, contratos e lavagem de dinheiro, praticados entre os anos de 2011 e 2018.

A operação é consequência dos desdobramentos das Operações Citrus e Prelúdio do Ministério Público.


A atual gestão da Câmara Municipal de Ilhéus, iniciada em 01 de janeiro de 2019, esclarece que tem colaborado, nos limites da sua competência, com os requerimentos realizados pelo Ministério Público do Estado da Bahia até esta data. 


Todas as recomendações feitas pelo Ministério Público do Estado da Bahia e pela Primeira Vara Crime de Ilhéus estão sendo observadas pela atual gestão da Câmara Municipal de Ilhéus para evitar a reprodução e perpetuação de supostos crimes, assim como para oportunizar uma gestão transparente com a devida publicidade dos atos administrativos, especialmente aqueles relacionados aos processos de licitação e dispensa de licitação.


A gestão do Presidente César Porto está à disposição da sociedade ilheense e das autoridades para prestar qualquer outro esclarecimento e informação, desde que no âmbito da competência respectiva.

Começa amanhã “Operação Verão” nas praias de Ilhéus

Salva Vidas. foto Clodoaldo Ribeiro (2)O Corpo de Salva-Vidas da Prefeitura de Ilhéus inicia amanhã (28), a Operação Verão, com o objetivo de dar mais segurança aos banhistas que frequentarão o litoral do município no período da alta estação.

Além dos 26 postos instalados entre a região do Mamoan, no norte, e Águas de Olivença, no sul, duas motocicletas farão a cobertura nas regiões onde não existem postos fixos mas que registram grandes aglomerados de pessoas.

Os salva-vidas atuarão nas praias das 9 da manhã às 5 da tarde, com a presença de 65 homens. De acordo com o coordenador Alexandre Mendonça, de quarta a domingo, a totalidade da corporação estará atuando. Nas segundas e terças, metade terá folga, mas uma escala especial garantirá a eficiência da cobertura, atuando na prevenção e no resgate, quando necessário.

:: LEIA MAIS »

Defesa de Kácio Brandão emite nota pública sobre reportagem da Operação Citrus no Fantástico

Em face da repercussão, em nível nacional, da operação denominada “CITRUS” deflagrada na cidade de Ilhéus/BA, pelo GAECO, órgão do Ministério Público Estadual da Bahia, considerando a matéria jornalística que foi exibida no programa “FANTÁSTICO”, da Rede Globo de Televisão, no dia 14 de maio de 2017, a defesa de KÁCIO CLAY SILVA BRANDÃO vem, publicamente, no exercício do seu direito de resposta, se manifestar nos seguintes termos.

A matéria exibida no programa fantástico, na data de ontem, foi editada de forma irresponsável, retirando as informações da investigação da operação CITRUS do contexto em que foram colhidas e colocando-as em outro contexto, confundindo a opinião pública, estabelecendo a ligação de nomes de pessoas investigadas a fatos com os quais não possuem qualquer vínculo.

A tônica da matéria, mais comprometido com o apelo emocional do que com a verdade, é o “desvio de verbas de merenda escolar” e de “verbas da Secretaria Municipal de Educação”. A maior parte do tempo da matéria foi preenchida com imagens de uma escola, da zona rural do Município de Ilhéus, contendo trechos de uma entrevista feita com uma criança e com uma professora, narrando as condições precárias em que a escola e os alunos se encontram. Contudo, logo em seguida, são apresentados os nomes do investigado KACIO BRANDÃO e de outros denunciados nos autos da Ação Penal originada pela operação CITRUS.

:: LEIA MAIS »

Câmara de Ilhéus cancela contratos com empresas investigadas na Operação Citrus

Câmara plenárioA Câmara Municipal de Ilhéus publicou no diário oficial desta quinta-feira (20) o cancelamento dos contratos de números 001, 013 e 014 do corrente ano, com as empresas Andrade Multicompras LTDA e Tayane L. Santos ME, que prestavam serviços na área de xerox e fornecimento de materiais de limpeza e expediente.

As duas empresas são alvos de investigações da operação Citrus, realizada pela 8ª Promotoria de Justiça de Ilhéus, que investiga possíveis fraudes de licitações praticadas por elas no período de 2009 a 2016 na prefeitura e na Câmara Municipal de Ilhéus. Por esse motivo, a Câmara decidiu cancelar os contratos com as empresas em questão.

Por meio de processo administrativo, aberto ainda no mês de março, a câmara abriu prazo e notificou as empresas para que se manifestassem, o que não aconteceu.

:: LEIA MAIS »

Prefeitura esclarece sobre Operação Citrus, em Ilhéus

sede-administrativa-do-municipio-de-ilheus_foto-secom-ilheusA Prefeitura de Ilhéus esclarece que as ações realizadas na manhã de hoje, 21, pela Polícia Civil a partir da investigação solicitada pelo Ministério Público da Bahia (MP/BA), não têm qualquer relação com a atual administração.

A operação, denominada Citrus, esteve no prédio Anexo de Secretarias, e na sede das secretarias municipais de Saúde e de Educação, e cumpriu buscas e apreensões de documentos referentes ao período de gestões anteriores, entre 2009 e 2016.

A ação é realizada pela 8ª Promotoria de Justiça de Ilhéus com o Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) e da Coordenadoria de Segurança e Inteligência (CSI) e suporte operacional da Polícia Civil, através do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) e do Departamento de Polícia do Interior (Depin).

Secretaria de Comunicação Social – Secom

21.03.2017

Câmara de Vereadores de Ilhéus emite nota sobre Operação Citrus

Sessão na camara de vereadores no dia 07.03.17.foto Clodoaldo Ribeiro (29)

Presidente da Câmara de Vereadores de Ilhéus, Lukas Paiva declarou que colabora com a ação do MP.

A Câmara de Vereadores de Ilhéus vem a público informar que na manhã desta terça-feira (21) houve mandado de busca e apreensão de documentos licitatórios, das gestões do ano de 2009 a 2016,  em decorrência da “Operação Citrus”,   realizada pela 8ª Promotoria de Justiça de Ilhéus.

O presidente Lukas Paiva salienta que vem colaborando com a ação do Ministério Público, acompanhando e prestando todas as informações necessárias.

Paiva esclarece que a operação nada tem a ver com sua gestão que foi iniciada em janeiro de 2017, que preza pela transparência e legalidade total de administrar.

Ascom Câmara de Vereadores de Ilhéus



WebtivaHOSTING | webtiva.com . Webdesign da Bahia