WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


secom bahia teatro itabuna

:: ‘presidência’

Fanpage de Davidson vai transmitir entrevista coletiva de Manuela D’Avila

Entrevista Coletiva Manuela DAvilaO PCdoB Nacional anunciou à imprensa, no último domingo, dia 5, o lançamento da pré-candidatura da deputada estadual do Rio Grande do Sul, Manuela D’Avila à presidência da República. É a primeira vez, desde a redemocratização do Brasil, que a legenda lança um nome para o Palácio do Planalto.

Após repercussão positiva do lançamento da parlamentar gaúcha, o partido marcou uma entrevista coletiva com a candidata, nesta quarta-feira, dia 8, às 15h30min (horário de Brasília), no Salão Verde da Câmara dos Deputados, em Brasília. A mesa também terá a presença de Luciana Santos, presidenta nacional do PCdoB.

Transmissão via rede social – A página do deputado federal Davidson Magalhães (PCdoB/BA), no Facebook, vai transmitir em tempo real a entrevista coletiva que será concedida por Manuela D’Avila à imprensa. Para acessar ao vídeo, basta entrar no link https://www.facebook.com/davidson65/?ti=as.

Na Bahia, onde não tem horário de verão, a Fanpage de Davidson deve ser acessada às 14h30min. Na oportunidade, Manuela vai apresentar algumas de suas linhas programáticas mais gerais, como a retomada do crescimento econômico e da industrialização; além da defesa e ampliação dos direitos do povo; entre outros assuntos de interesse nacional.

(Ascom- Deputado Federal Davidson Magalhães)

Presidente do PCdoB/BA celebra pré-candidatura comunista à Presidência

Davidson Magalhães(1)

Davidson Magalhães.

O presidente estadual do PCdoB na Bahia, deputado federal Davidson Magalhães, comemorou a decisão do Comitê Central do Partido, anunciada no último domingo (05/11), de lançar a deputada gaúcha Manuela D’Àvila pré-candidata a presidenta da República. Na avaliação de Davidson, a pré-candidatura comunista é uma necessidade da atual conjuntura política.

Segundo ele, o PCdoB está legitimado a ‘sentar na mesa dos debates’ porque tem um projeto de enfrentamento aos retrocessos e de retomada do desenvolvimento no Brasil. “Nós estamos em uma conjuntura de incertezas, em que nós estamos enfrentando uma agenda regressiva […] Uma verdadeira ofensiva neocolonialista. Nós precisamos resistir a essa agenda”, disse.

Davidson Magalhães também rebateu as críticas sobre uma possível dispersão da esquerda, com a pré-candidatura do PCdoB. “A dispersão da esquerda só vai ocorrer se não tivermos uma unidade das candidaturas. Nós estamos em uma fase de pré-candidaturas. Com todo respeito ao PT e aos outros partidos, ninguém pode falar sozinho em nome da esquerda. Nós temos nossas opiniões, temos nossas posições e é nesse sentido que queremos contribuir”, garantiu.

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING | webtiva.com . Webdesign da Bahia