sufotur secom bahia prefeitura ilheus pmi


Espera de atendimento gera condenação ao Bradesco

0
238
Rodrigo Cardoso reafirma a necessidade dos clientes buscarem os canais adequados para garantir seus direitos

Rodrigo Cardoso reafirma a necessidade dos clientes buscarem os canais adequados para garantir seus direitos

Com informações do Sindicato dos Bancários da Bahia

A falta de bancários nas agências precariza o atendimento e faz com que os clientes tenham de esperar mais tempo para resolver as demandas. Em Goiás, a demora foi tanta que gerou condenação ao Bradesco. Uma cliente, em maio de 2014, esperou das 14h36 até as 16h51 para receber atendimento.
Para o Tribunal de Justiça, a organização financeira violou norma local referente ao tempo de espera, provocando não só o aborrecimento, mas também desgaste físico e emocional da correntista.
O Bradesco terá de pagar indenização de R$ 5 mil. O banco ainda tentou recorrer, sob a desculpa de o tempo estar dentro da razoabilidade e proporcionalidade.  Ao invés de procurar justificativa aonde não há, o Bradesco devia assumir o erro e contratar mais bancários para as agências, cada vez mais cheias
Rodrigo Cardoso, presidente dos Sindicato dos Bancários de Ilhéus, relata:

“A falta de funcionários, que precariza as condições de trabalho e atendimento, acaba gerando uma revolta justificada na clientela, que muitas vezes acaba dirigida contra os bancários. O Sindicato dos Bancários de Ilhéus sempre reafirma a necessidade dos clientes buscarem os canais adequados para garantir seus direitos. Infelizmente em Ilhéus não temos uma estrutura municipal pública de defesa do consumidor capaz de dar conta de tantas reclamações, mas com certa frequência, menor do que gostaríamos, o Judiciário tem sido um importante canal para ressarcir os prejuízos dos clientes que ficam horas nas filas”.

 

Publique seu comentário

WordPress Lightbox