sesab bahia


Live do Sinapro-Bahia debate os desafios do ensino de Publicidade e Propaganda na pandemia

0
116

Segundo com dados do Sistema e-MEC, existem na Bahia 23 faculdades e universidades públicas e privadas autorizadas a oferecer o curso de Publicidade e Propaganda

Como conciliar a teoria e a prática no ensino de Publicidade e Propaganda no modelo de aulas virtuais, como prender a atenção dos estudantes através da tela do computador ou do smartphone? Essas são algumas das questões que serão abordadas durante a live #TamoJunto, promovida pelo Sindicato das Agências de Propaganda do Estado da Bahia (Sinapro-Bahia), que irá debater o ensino da Propaganda durante a pandemia e seus desafios. A coordenadora dos cursos de Comunicação Social da Unijorge, Patrícia Moraes, será a convidada da live #TamoJunto, que será mediada por Gustavo Queiroz, conselheiro do Sinapro-Bahia e CEO da agência NIBS, de Salvador. A transmissão acontece na próxima terça-feira (04/08), às 10h, no perfil @sinaprobahia no Instagram.

“Estamos vivendo uma mudança de paradigmas que veio de maneira forçada, devido a pandemia. O principal desafio na minha perspectiva é equalizar a questão da infraestrutura com a disciplina de estudar mediado por telas”, ressalta Patrícia Moraes, mestre em Comunicação e Cultura Contemporânea pela Faculdade de Comunicação da Universidade Federal da Bahia (Facom/Ufba). Com mais de 20 anos de experiência em educação, Patrícia coordena os cursos de Publicidade e Propaganda, Jornalismo e Produção Audiovisual na Unijorge. De acordo com dados do Sistema e-MEC do Ministério da Educação, existem na Bahia 23 faculdades e universidades públicas e privadas autorizadas a oferecer o curso de Publicidade e Propaganda.

Serviço:

O quê: Live #TamoJunto – O ensino da Propaganda durante a pandemia e seus desafios

Quando: terça-feira, dia 04/08, às 10h

Quem: Patrícia Moraes, coordenadora dos cursos de Comunicação Social da Unijorge e Gustavo Queiroz, CEO da agência NIBS, de Salvador, e conselheiro do Sinapro-Bahia.

Onde: Perfil do Sinapro-Bahia no Instagram (@sinaprobahia)

Publique seu comentário