sesab bahia


Mais uma agência bancária de Ilhéus suspende suas atividades devido ao contágio da Covid-19

0
1419

Mais um caso da Covid-19 suspendeu as atividades de uma unidade bancária em Ilhéus. Desta vez, foi a agência Gabriela do Banco do Brasil, localizada no terceiro andar do prédio da instituição, localizado no calçadão da Marques de Paranaguá, centro comercial e financeiro da cidade.

Além da confirmação de contágio de um trabalhador, existem mais casos dois de suspeita da doença aguardando resultado dos exames. A agência encontra-se fechada e os demais funcionários estão trabalhando remotamente, de suas casas.

Reabertura do Santander – A única agência do banco, também localizada no centro da cidade, reabriu na última quarta-feira (05), após a testagem em massa dos funcionários. Além do caso já confirmado anteriormente, foi registrado mais um positivo. A pessoa está afastada de suas funções, em isolamento social, na sua residência, apresentando sintomas leves.

O presidente do Sindicato dos Bancários de Ilhéus, Rodrigo Cardoso, fez elogios à iniciativa do Santander por testar todos os seus funcionários. “Após uma confirmação de Covid, essa medida, com certeza traz mais segurança para os bancários e os todos os trabalhadores da agência e para os clientes. Na medida que já se detectou que teria mais uma pessoa contaminada, essa também já foi afastada. Então, isso é positivo”, disse.

O dirigente sindical também fez um pedido à Secretaria de Saúde de Ilhéus para testar os trabalhadores das instituições financeiras no município. “Nós solicitamos na Secretaria de Saúde que fossem realizados os testes em todos os bancários, todos os trabalhadores do sistema financeiro da cidade, por estarem em contato direto, desde o início da pandemia, com a população. No entanto, até hoje não recebemos nenhuma resposta sobre nosso pedido”, informou.

“Em Ilhéus, a pasta da Saúde resolveu testar taxistas e radialistas, porém, nem responderam às nossas solicitações e as do sindicato dos comerciários. Sabemos que essa responsabilidade também é dos bancos, porém há necessidade de testar massivamente quem tem contato com o público para detectar os positivados e afastá-los. Em Itabuna, por exemplo, trabalhadores do sistema financeiro, das lotéricas, dos supermercados e das farmácias foram testados pela Secretaria de Saúde. A Secretaria de Ilhéus, deveria seguir esse exemplo, para resguardar a saúde dos trabalhadores e dos munícipes”, concluiu Rodrigo Cardoso.

Publique seu comentário