secom bahia


Bradesco age com frieza ao confirmar demissões em massa

0
234

Durante reunião virtual nesta quinta-feira (08), com a participação da Comissão de Organização dos Empregado (COE) do Bradesco e diversos sindicalistas da categoria de todo o Brasil, o representante do banco agiu com frieza ao justificar as demissões em massa efetivadas pela instituição financeira.

O representante do Bradesco afirmou indiferente, de maneira fria e calculista, que o motivo das demissões no banco é a atualização dos clientes com os canais digitais. No caso, os próprios bancários ao repassarem orientações com a indicação do uso dessas ferramentas para o cliente estariam colaborando a ‘virtualização’ dos serviços bancários.

Com a pandemia, esse processo foi acelerado. Porém, vale ressaltar que, o banco obrigou funcionários direcionarem clientes para os canais digitais. Esse cenário adiantou um processo que o banco estava planejando para acontecer daqui a cinco anos, ou seja, a automatização digital dos serviços e as demissões em massa de trabalhadores.

A representação do banco reforçou sua frieza e indiferença, ao comunicar “que as demissões vão continuar até dia 31 de novembro de 2020”. Os representantes do Sindicato dos Bancários de Ilhéus, Rodrigo Cardoso, Cássio Campos e Gabriel Nobre participaram da reunião e ficaram indignados com o posicionamento do banco. A entidade pretende resistir, juntos com os trabalhadores, aos ataques do Bradesco.

Fonte: Sindicato dos Bancários de Ilhéus.

Publique seu comentário