embasa


Barry Callebaut mantém perseguição a Luiz Fernandes

0
473

Mais um capítulo da série Persiga um Sindicalista. Em audiência virtual ocorrida no dia 18 de fevereiro, A Barry Callebaut, que administra a fábrica da Nestlé em Itabuna, reafirmou sua intenção de excluir de forma arbitrária e ilegal o sindicalista Luiz Fernandes do seu quadro de funcionários.

A empresa entrou com Ação Rescisória contra Fernandes. O mandato de Luiz Fernandes como diretor do Sindicacau (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação de Ilhéus, Itabuna e Uruçuca) se encerrou em outubro de 2020, porém, a CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas) lhe garante estabilidade de um ano (Estabilidade Pós Mandato).

Por entender que ainda tem muito a contribuir com a empresa, a defesa de Luiz Fernandes pede a reintegração do funcionário, que está na empresa há 40 anos, desde quando ainda era Nestlé. Uma nova audiência foi marcada para o dia 07 de abril, quando será julgado o pedido de reintegração.

Luiz Fernades esteve à frente do Sindicacau por três mandatos e é uma liderança conhecida na região cacaueira pela sua luta intransigente em defesa dos trabalhadores.

Publique seu comentário