secom bahia

secom bahia


Sala de videochamadas do Hospital Regional Costa do Cacau completa um ano com mais de 1200 encontros virtuais realizados

0
198

Com a emergência sanitária imposta pela pandemia da Covid-19, o Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, teve que adotar estratégias para resguarda a segurança do paciente e seus familiares. Diante desse desafio e para manter o atendimento humanizado a unidade inaugurou, em junho de 2020, a sala de videochamadas para encontros virtuais.

Durante um ano em funcionamento, o equipamento já possibilitou mais de 1200 encontros virtuais, um pouco mais de 100 videochamadas por mês. De acordo com Gildo Rorato, psicólogo do HRCC, essa é uma ferramenta excelente de aproximação entre pacientes e suas famílias neste momento tão difícil de pandemia e restrição de visitas presenciais na Unidade Covid e UTI Geral.

Por meio da videochamada acontece a interação que colabora para diminuir as tensões do paciente, que recebe palavras de ânimo e de fortalecimento de seus familiares, assegura o psicólogo. “A realidade da doença já é difícil, a distância da família colabora para o entristecimento e manifestações de sintomas de ansiedade, e tanto um como outro são prejudiciais ao tratamento. O estado de humor e a adesão do paciente ao tratamento são fatores extremamente importantes para a recuperação do internado”, avaliou Gildo Rorato.

Todo paciente consciente, internado na UTI Geral ou Unidade Covid, pode interagir por meio da videochamada. Esses encontros virtuais são agendados pela equipe de Psicologia durante o contato telefônico realizado diariamente, com os familiares dos pacientes acompanhados pela assistência hospitalar do HRCC.

Resultado prático – O espaço organizado pela unidade se apresentou tão viável e adequado na prática, que a deputada estadual Neusa Cadore (PT) celebrou a iniciativa e defendeu a implantação do equipamento em outros hospitais da Bahia. “Entendemos e respeitamos a necessidade dos protocolos, mas a situação gera mais angústia para a pessoa internada e familiares. A iniciativa do Hospital do Cacau, assim como o projeto de lei que apresentamos, tem a intenção de humanizar e facilitar esse contato”, disse a parlamentar na ocasião, repercutindo a bem-sucedida inauguração da sala no HRCC.

 

Publique seu comentário